Solicite uma proposta

Quer saber mais sobre os produtos escriba? Nós entramos em contato:

×

Escriba e colaboradores apoiam e aderem à campanha de doação de sangue “Junho Vermelho”

junho 14th, 2016 notícia por

O número de doadores de sangue no Brasil está abaixo do que é preconizado pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Estima-se que apenas 1,9% da população doa sangue regularmente, enquanto que o recomendado  é de 3% a 5%. A situação de baixa nos estoques dos hemocentros é agravada nos meses de junho a agosto, quando o frio e as viagens de férias afastam ainda mais os doadores. A fim de reverter tal panorama e somar forças à comemoração do Dia Mundial do Doador de Sangue (14 de junho) foi criada a campanha “Junho Vermelho”.

A iniciativa tem o objetivo de movimentar o país com campanhas de incentivo à doação de sangue. Em Curitiba, o Teatro do Paiol, o Memorial de Curitiba e a Casa Hoffman estão iluminados de vermelho em apoio à campanha. Uma forma de agradecer aqueles que já são doadores e de conscientizar a população sobre a importância da doação de sangue.

A Campanha foi idealizada em 2010, pelas irmãs Debi Aronis, produtora, e Diana Berezin, publicitária, quando vivenciaram a dificuldade de conseguir sangue para o pai que estava doente. Em 2011, aconteceu a primeira edição do “Junho Vermelho”, organizado com o objetivo de arrecadar sangue não somente neste mês, mas de transformar a ação em um hábito que se repita por todo ano. Afinal, homens podem doar a cada 60 dias e mulheres a cada 90 dias.

Escriba e colaboradores aderem à Campanha Junho Vermelho

doacao1

Campanha realizada em 2015 contou com a doação de 42 colaboradores da Escriba

 

A Escriba acredita na importância de tal ação e adere ao “Junho Vermelho” pelo segundo ano consecutivo, por meio de uma campanha interna que incentiva seus colaboradores a fazer a doação. Em 2015, 42 colaboradores voluntários participaram da campanha.

Nesse ano, o objetivo é superar o número de doadores de 2015. Para isso, foi organizado um movimento de doação que acontecerá na última semana de junho, quando a Escriba levará os grupos de doadores voluntários até a sede do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar).

Para ser um doador basta ter entre 16 e 67 anos, estar em boas condições de saúde e pesar no mínimo 50 Kg. No momento da doação, é preciso estar bem alimentado e é recomendável evitar a ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a coleta; além de evitar ingestão de comida gordurosa nas quatro horas anteriores. Aqueles com menos de 18 anos devem comparecer acompanhados de pais ou responsáveis. E, quem tomou vacina contra a gripe, pode doar sangue após 48 horas após a imunização.

Doar e ajudar a salvar vidas é bastante fácil! No estado do Paraná existem mais de vinte unidades do Hemepar disponíveis para fazer a coleta que abastece 384 hospitais. Para consultar os endereços, acesse aqui. 

Em Curitiba, a doação também pode ser feita no Hemobanco e na Santa Casa de Curitiba.